13 de nov de 2013

A personalidade de Hitler segundo a numerologia

ADOLF HITLER
(Político, ditador e assassino em massa)
Nome de registro: Adolf Hitler
Data de nascimento: 20 de abril de 1889

1             6                               9                5           =   21/3
A    D    O    L    F           H    I    T    L    E    R   
      4             3    6            8          2    3           9    =   35/8

21 + 35 = 56/11
Personalidade Interior: 21/3
Personalidade Exterior: 35/8
Síntese da Personalidade:56/11

Não há como falar sobre Hitler sem causar algum tipo de polêmica ou desconforto. Mas é importante não analisarmos apenas a numerologia de políticos e celebridades comuns, e eu penso que antes escolher um vilão histórico de âmbito universal para análise do que alimentar a celebridade doentia de malfeitores e assassinos contemporâneos. Sendo assim, Hitler é a escolha perfeita, apesar de eu não desejar alimentar nenhum tipo de concepção equivocada sobre o número 11, que Hitler trazia na Síntese da Personalidade. Por ser símbolo de um arquétipo difícil, impopular, muitas vezes indecifrável, o número 11 pode ser tachado de “bizarro”, mas esta é uma visão simplista e, repito, equivocada. Sem dúvida Hitler exibia várias características e, vamos reconhecer, qualidades do número 11. Longe de mim fazer qualquer tipo de elegia a um personagem tão abjeto. Mas é preciso maturidade para reconhecer que ninguém chegaria tão longe quanto Hitler chegou se não tivesse qualidade, muitas qualidades, e especiais qualidades. Ele não era simpático, não era bonito, não demonstrava grandes talentos ou dons, mas tinha um misterioso carisma. É difícil apontar onde estava esse carisma, e é fácil reduzi-lo às circunstâncias, associando seu ódio pessoal por judeus e outros grupos ao trágico momento econômico da Alemanha. Mas o fato é que o carisma estava lá, e hipnotizou não só multidões de alemães, mas de outros povos também.
Outra característica forte do número 11 é sua intuição assombrosa. Se o carisma e o senso de estratégia de Hitler são muito discutíveis, apenas sua poderosa intuição poderia explicar como conseguiu ganhar tantas batalhas e se manter no poder por tanto tempo enquanto cometia as atrocidades que cometeu.
A Personalidade Interior 3 indica a natureza emocional infantil de Hitler e até certo ponto explica seu raciocínio muitas vezes reducionista (culpar os judeus por todos os problemas da sociedade é, além de injusto, sobretudo simplório), além de enfatizar seu gosto por artes e comunicações. Durante a juventude, Hitler viveu uma fase boêmia, quando queria ser pintor, chegando até a vender algumas aquarelas. Foi, contudo, rejeitado duas vezes pela Academia de Belas Artes de Viena: foi considerado inepto para as artes plásticas e aconselhado a cursar arquitetura.

O número 8 na Personalidade Exterior indica alguém que inspira confiança, seriedade e justiça. A imagem pública do político Adolf Hitler foi construída sobre a sede de justiça (leia-se vingança) do povo alemão, massacrado após a derrota na Primeira Guerra. Ao eleger os judeus, alvo fácil, como culpados pelas desditas do povo germânico, Hitler imbuiu-se de uma aura de justiceiro, de salvador da pátria. E assim se desenvolveu o nazismo, fenômeno político carregado de fanatismo comparável ao dos cultos e superstições mais delirantes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário