24 de jan de 2016

O TARÔ DE THOTH EM POEMAS



FORTUNA


eu aceito o inesperado

como quem aceita o resultado de uma aposta:

de bom grado

afinal, Dona Sorte não gosta

de moleque malcriado

e a roda vai continuar girando

a despeito de tudo

as coisas seguirão acontecendo

quer você berre, quer banque o mudo

você é apenas um fragmento da mente universal

que se acha individual

e eu, veja só que maçada

aconteço de ser você e nem sei de nada

do movimento da roda

a não ser que ela roda

a roda roda e roda e roda

e nela, com ela, rodamos nós




Johann Heyss​

O TARÔ DE THOTH EM POEMAS

‪#‎thothtarot‬ ‪#‎tarodethoth‬ ‪#‎poesia‬ ‪#‎poemas‬ ‪#‎heyss‬


Nenhum comentário:

Postar um comentário