6 de jan de 2013

O Jogo das Onze Cartas



Este método de leitura das cartas de tarô foi desenvolvido por mim a partir do simbolismo numerológico. Cada posição é nomeada de acordo com um número, e cada carta deverá ser interpretada de acordo com o simbolismo do número que rege a posição que ela ocupa. 

Apesar do nome, o método permite usar 11 ou 22 arcanos. Usar 11 arcanos implica usar Arcanos Maiores e Arcanos Menores misturados; mas quem optar por usar 22 arcanos separará os Arcanos Maiores dos Menores e tirará um de cada para cada posição, que terá assim um Arcano Maior e outro Menor. 

Em uma tiragem com 11 cartas, o surgimento de um Arcano Maior representa um chamado para que se preste atenção especial na área representada pela posição que o arcano ocupa. Em uma tiragem com 11 Arcanos Maiores e 11 Arcanos Menores, os Maiores expressam a natureza profunda da questão tratada na posição ocupada pelo arcano, enquanto os Arcanos Menores indicam a manifestação prática, material e superficial da questão apontada pelo Arcano Maior.

As cartas devem ser dispostas da seguinte maneira:


Posição  0 – O futuro próximo. Algo que está sendo gerado, saiba-se ou não.

Posição 1  O consulente, o ego, a situação presente.

Posição 2A vida afetiva, o casal, a dupla, a parceria.

Posição 3  Filhos, amigos, comunicação.

Posição 4O que é estável, tradicional, imutável. Obstáculos.

Posição 5O que é instável, os prazeres e diversões. As surpresas e novidades.

Posição 6  A família, o equilíbrio, a diplomacia. Grupos. Sociedade.

Posição 7  Estudos, a alma, a religião, a magia, o conhecimento. Mente, sabedoria.

Posição 8  Dinheiro, o karma, as leis. Saúde, documentos, oficializações.

Posição 9  O resultado do processo, a síntese.

Posição 10  Conselho.



Copyright (c) Johann Heyss, 2000
Originalmente publicado em "O Tarô de Thoth" (Ed. Nova Era). Atualmente o livro está fora de catálogo, mas está sendo preparada versão revista e aumentada.